• Aft Digital

Como identificar o seu público-alvo

A chave para o sucesso de qualquer empresa é conhecer bem o seu público-alvo. Quando se determina e entende o público-alvo, fica muito mais fácil estruturar os objetivos de cada área, criar estratégias, campanhas e conteúdos específicos aos seus interesses. Desta forma, a empresa ou a marca conseguem atingir não apenas a audiência do seu grupo/segmento, como também um perfil mais abrangente, porém semelhante.


Mas por que é importante definir um público-alvo? O objetivo é tornar a comunicação e o marketing mais eficientes. Afinal, os consumidores não são todos iguais. Logo, usar a mesma linguagem com todos é uma estratégia que não gera bons resultados porque acaba agradando poucos – ou não agrada ninguém.

Uma dica importante é conhecer bem a empresa e o seu mercado de atuação antes de identificar o seu público-alvo. Para isso, as pesquisas de mercado são essenciais para entender com profundidade o ramo de atuação e saber identificar oportunidades e tendências. Além disso, é importante saber a aceitação que a sua marca, produto ou serviço tem.


Público-alvo

O público-alvo nada mais é que um grupo de consumidores com características em comum. Para identificá-los, a empresa precisa de uma série de informações, como interesses, idade, escolaridade, profissão, estilo de vida, poder aquisitivo e etc. E a melhor maneira de fazer isso é por meio de pesquisas de mercado, que ajudam a definir precisamente quem é o seu público-alvo.


A partir destas informações, será possível compreender o comportamento do seu público e, assim, identificar necessidades e desenvolver estratégias para reforçar a presença de sua marca, produto ou serviço. Quanto mais informações forem obtidas, mais se afunila o grupo de consumidores alvos e mais fácil será entender os seus desejos, criando um relacionamento mais próximo e capaz de criar estratégias direcionadas e assertivas.


Segmentação

Depois de identificar o seu público-alvo, é preciso levar em conta a segmentação, que nada mais é que um recorte do mercado usado para ajudar a afunilar a definição dos clientes. E elas podem ser: geográfica (país, região, estado, cidade e etc), demográfica (idade, gênero, condição socioeconômica, ocupação e etc), psicográfica (estilo de vida, personalidade, valores, interesses e etc), comportamental (status de usuário, intensidade do uso, lealdade, sensibilidade ao marketing, motivação e etc).


Diferença entre público-alvo e persona

Depois das informações acima analisadas, o próximo passo é construir a persona, representação fictícia de um cliente, baseada em dados reais e que tem desejos e anseios. Sua função é nortear a criação de conteúdo e estratégias. Com uma persona bem definida fica mais fácil identificar as suas necessidades e expectativas.


A maior diferença entre público-alvo e persona é que o primeiro acaba sendo muito amplo, enquanto o segundo se destaca por ser completo e aprofundar a descrição do consumidor ideal do seu produto. Apesar de serem ferramentas diferentes, elas podem ser usadas de maneira complementar já que o público-alvo é usado no nível estratégico e na definição do posicionamento de mercado, enquanto a persona é usada em estratégias de marketing de conteúdo, redes sociais e relacionamento, que interagem com o público.


Por fim, como as mudanças são rápidas e constantes, mantenha o seu público-alvo e persona sempre atualizados. Fique de olho no mercado, faça pesquisas regulares e atente-se às mudanças no perfil e no comportamento dos consumidores.


Fale com a gente para atingir seu público-alvo!

2 visualizações0 comentário

Posts recentes

Ver tudo